Meu primeiro vinho da #quarentena: Nieto Collection White 2018

Lançamento da Nieto Senetiner, esse blend branco delícia foi o escolhido para abrir os serviços de vinho aqui em casa durante nosso período de isolamento.

Ele chega pela Casa Flora Importadora, mas, devido à paralisação dos serviços e varejo, talvez ele nem esteja circulando (ainda) pelos bares e restaurantes.

Por isso vou dar spoiler!

Bom, a Nieto é uma vinícola argentina imensa (um grupo, na verdade) responsável pela assinatura de vários vinhos. O que eu gosto deles é que possuem opções para todos os bolsos e estilos. Desde vinhos para o oba-oba com amigos, que saem no precinho; até ícones e vinhões que guardamos com todo coração na adega para momentos especiais.

Digamos que a Nieto Collection seja uma linha intermediária, e, justamente por isso, tenho certeza de que será de grande entrada no mercado.

Um rótulo black elegante estampando um branco complexo

Há um tempinho, graças a uma iniciativa da própria Casa Flora, tive o prazer de conhecer Santiago, o jovem enólogo do grupo Nieto.

Muito simpático, o argentino conversou comigo e outros comunicadores sobre a importância de um portfólio diversificado e sobre a manutenção de um padrão de qualidade reconhecido.

Santiago foi eleito Enólogo do Ano pelo britânico Tim Atkin em 2017 e nomeado um dos maiores Now generation winemakers pela revista Wine Enthusiast dos Estados Unidos em 2016.

Ahhhh, esses argentinos e seus vinhões!!! O mundo se rende, não é mesmo?!

Mas voltando ao branquinho que alegrou a minha quarentena!

Ele tem aromas que despertam a nossa curiosidade, talvez pelo fato de ser um blend diferente: 30% Sauvignon Blanc, 30% Chardonnay, 20% Viognier e 20% Semillon.

Na minha sensação, a Sauvigon Blanc se misturou com a Chardonnay ao mesmo tempo em que senti uma elegância que julguei vir da Viognier. Em boca tem boa acidez, é fresco e acompanha super bem peixes, cogumelos, pratos leves. Eu comi com bolinho de bacalhau e achei delicioso! Leve não é um atributo que defina bacalhau… mas entre amigos, num bar e com bolinhos fritos, na hora ele desceu estupidamente bem!

Ele foi o escolhido como o primeiro vinho da minha quarentena por ser um vinho que está apto a qualquer ambiente.

Desejo uma ótima semana a todos nós que encontramos no prazer do vinho uma forma de encarar esse isolamento!

Sigamos firmes!

Mas e vcs, amigos, como estão os vinhos deste período de isolamento?

Saúde a todos e abraços de cotovelo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s