Vinho com tampa de rosca é ruim?

Taí um preconceito suuuuper comum!

Eu sei, eu sei…nada se compara ao charme de se abrir a garrafa com o saca-rolhas, olhar e cheirar a rolha…alguns guardam para colecionar, fazer artesanato…

Eu sei, eu entendo você me olhar de cara feia, mas teremos que nos acostumar, sabe por que? As rolhas estão em extinção.

Isso mesmo, elas vão acabar muito em breve. E  em virtude disso, enquanto não acabarem, elas irão onerar (pra valer) o preço dos vinhos.

As rolhas mais tradicionais que conhecemos são as de cortiça. A maioria delas são produzidas em Portugal, na região do Alentejo, por meio dos Sobreiros ou Carvalhos. Só que essas árvores, cujas cascas são usadas para fazer a rolha, demoram cerca de 25 / 30 anos até que a primeira extração possa ser realizada! Sim, trata-se de uma árvore temperamental!

E tem mais…após esses 30 anos, só a cada 9 anos é possível pensar em novas extrações! A bichinha é difícil!!!

E aí que estamos ficando sem árvores nessa idade e, para piorar, algumas ainda são atingidas por um fungo que, em contato com a casca da árvore, compromete o sabor do vinho. É a chamada contaminação por TCA (tricloroanisol) que provoca na bebida um mau cheiro semelhante ao de papelão molhado.

**Repare que a produção do vinho é um constante processo de preocupação e controle master desde a uva até o final. Os caras não podem relaxar nunca! Os vinhos atacados por esse defeito, do mau cheiro causado pelo TCA, são chamados de bouchonné. Em um restaurante,  um vinho bouchonné deve ser devolvido.

A rolha é um objeto que serve para vedar a garrafa, e suas qualidades estão relacionadas ao seu tamanho, elasticidade e quantidade de poros (quanto menos porosa, melhor). Sendo assim, é fácil deduzir que os grandes vinhos usam rolhas grandes (de até 7cm), são pouco porosas e com boa elasticidade, para que desta forma seja possível vedar bem o vinho POR ANOS para que ele possa “evoluir” com o tempo.

Notou que eu disse POR ANOS?

Pois bem.

Eu também adoro rolhas, amo rolhas, sou louca por rolhas, mas o que eu gosto de verdade mesmo é vinho. Ainda não comecei a beber rolhas.

E a boa notícia que eu tenho para te dar é: se você costuma tomar vinhos jovens, vinhos que não são de guarda, não faz a menor diferença se a vedação ocorre por uma rolha de cortiça ou screw cap (rosca), porque seu vinho não precisa “evoluir”!  

Os vinhos do novo mundo já são adeptos das roscas, principalmente os brancos, que são vinhos para serem tomados frescos.  A rolha de cortiça ali, está só onerando o custo. Que pode chegar a custar 3 Euros por garrafa!!!

rolha2
1-Cortiça; 2-Aglomerado; 3-Screw Cap (Rosca)

Claro que existem rolhas mais baratas, como as de aglomerado. Sabe quando falamos em “moveis de aglomerado, compensado”? É tipo isso. É um monte de sobra de cortiça compactada com uma espécie de cola.

Essas rolhas oferecem a vantagem de serem mais baratas, mas também a desvantagem de necessitarem de certos cuidados para que o cheiro da cola  não afete o vinho.

Em se tratando de rolhas mais baratas, existem também as sintéticas, que não levam cortiça na composição e por isso oferecem a vantagem de não serem atingidas pela TCA.

Faz sentido usarmos vedações mais em conta, já que não saímos por aí tomando vinhos de guarda, grandes vinhos em qualquer almoço!!! Bom, vale deixar claro que não é por falta de vontade, apenas pelo dia a dia mesmo!

Já as Screw caps (roscas), foram introduzidas no universo do vinho na Austrália, desde a década de 60, e, assim como as aglomeradas e sintéticas, também são polêmicas com relação a manutenção da qualidade do vinho. Mas, cada vez mais, vêm ganhando espaço entre os vinhos jovens e brancos.

Então, respondendo a pergunta do post: vinho de rosca não é sinônimo de vinho ruim. Quando um vinho é ruim, é porque ele é ruim e ponto. Seja ele com rosca ou cortiça.

Obs: Há também vedantes de vidro e cêra, mas isso será assunto para um outro post. Neste porocurei me limitar à questão da screw cap.

Bjs!!!

5 comentários

  1. Amo morar aqui! As opções de vinho são muito vastas! Vinhos razoáveis muito baratos e vinhos excelentes com preços razoáveis…
    Se prepara pro frio! A partir de agora os dias começam gelados e as noites pedem comidas reconfortantes e vinhos encorpados. Perfeito. Não?? 🙂
    Queria te pedir um post (se é que posso): sou vegetariana (com o pé no veganismo) e a maioria das harmonizações são com carnes… é possível fazer uma boa harmonização com pratos veganos? Vegetarianos é mais fácil porque tem o queijo e o ovo… mas a vida de um enófilo vegano é mais difícil… consegue me ajudar??
    Obrigada! Bjs

    • Sim, é perfeito! Eu amo esse frio daí em julho, por isso que vou! Melhor época para mim! Há um tempinho andei lendo sobre harmonizações veganas e encontrei alguns posts bem legais. Uns porque é preciso identificar a origem do vinho (não basta confiar no rótulo) tem que ssaber a filosofia do produtor, então, principalmente para vc, é interessante se ligar nisso (tem vinhos que acrescidos de componentes de origem animal); e também em saber o que harmoniza com o quê. Enquanto eu não faço esse post, dê uma olhada nesses aqui ó!
      http://blog.artdescaves.com.br/veganos-podem-beber-vinho
      http://www.vegvida.com.br/site/faq/vinhos-podem-ser-consumidos-por-veganos-529/
      Esse segundo te liga a vários links, daí, vc reconhecendo o produtor fica tudo mais fácil porque a harmonização será básica: tintos com comidas mais encorpadas e brancos com comidas menos encorpadas. Eu, por exemplo, como peixe com tinto sem probelma algum. Aí vai de cada um. Inclusive, peixes com gordura e tempero, eu acho que casam super bem com tinto. Imagino que deve ser o mesmo no seu caso com cogumelos e soja. Cogumelo pra mim é carne. Só como com tinto. AMO. Aqui no Rio, na Serra de Friburgo tem cada um imenso, tem uns que parecem uns hamburgueres, de tão brotossauros! Carnudos = ttintos, sem dúvida! Mas aí vai de paladar para paladar! Mas vou compilar umas informações, me informar com meu professor e fazer um post bem maneiro!!! Bjs, Cyyyyyy!!!!!!!!!!!!

      • Uauu!! Muito obrigadaaa!!
        Eu ja sabia que muitos vinhos usam elementos animais… triste isso ne?? Porque deus?!
        Eu amo cogumelo. Mas meu marido não é vegetariano e odeia cogumelo… então imagina a minha dificuldade pra cozinhar (todo dia) aqui em casa??? Kkkk
        As vezes eu quero fazer uma comida mais elaborada no fds, daí faço um risoto de alho poró, ou um nhoque de raizes e molho vermelho, mas sempre bebemos malbec ou syrah porque gostamos mesmo sabe?
        Mas sobre a harmonização queria saber tipo: com qual prato vegetariano seria perfeito um tannat? Ou um cabernet? a acelga que é mais amarga iria bem com um malbec? Ou um curry vegetariano com leite de coco iria bem com um tannat? Ou por ser vegetal não faz diferença porque vegetal é vegetal? Se for assim vou ficar muito triste porque amo harmonizar… qdo eu comia bicho, primeiro eu pensava na uva que eu queria pra depois eu comprar o bicho… queria poder fazer isso hj em dia mas fico perdida… e tenho certeza que muitos vegs tb ficam… acho que tem um bol mercado ai pra vc explorar!! 😊
        Bom, enquanto nao sai esse post, vou pesquisando daqui e qq novidade que eu ache interessante eu te mostro!!
        Muito obrigada Jo!!
        Bjo!!

  2. Adorei! Concordo 100% principalmente qdo vc diz que não tomamos vinhos de guarda porque não queremos… kkk pudera eu!
    Apesar de morar na Argentina atualmente tenho bebido muitos vinhos (bons, não ótimos – vinhos de segunda e terça-feira sabe?) com rolha sintética… o importante é beber vinho! Deixo os de rolha de cortiça pro final de semana.
    Adorei! Vou te seguir! 🙂

    • Isso! Eu tbm separo os “vinhos de final de semana” kkk
      Menina, está gostando de viver aí? Amo tanto. Tenho vários amigos aí! Em julho tô aí, se tudo der certo (e vai dar)! Depois me adiciona lá no Face que falamos. Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s