PORTO & DOURO WINE TASTING 2017 – Meu primeiro evento de vinhos: vou te contar o que fazer e o que não fazer em um evento desses!

E aí que eu, ignorante que sou, achei que fosse um evento pequeno. Tolinha!

É um evento super grande, com cerca de 30 expositores, todos do Douro e do Porto. Alguns expositores são distribuidores desses vinhos e não o próprio pessoal da vinícola.

WhatsApp Image 2017-03-08 at 15.00.41 (2)
Começando!
WhatsApp Image 2017-03-08 at 15.00.41 (3)
Identificação dos expositores

Quando cheguei, a primeira coisa que pensei foi: por que não fiz um checklist????

Então, quando você for a um evento desses, já sabe: faça um checklist!!! Repita isso para você duzentas vezes. Não faça como eu fiz, que fui de supetão!

Separe as vinícolas e expositores, faça uma lista prévia de tudo que você deseja degustar. E vá dando ok, de acordo com as suas visitas e provas. Não consigo me perdoar por não ter feito isso! Ok, águas passadas…digo: vinhos passados!

Teve uma coisa que eu fiz que achei que deu certo e certamente farei de novo. Conforme eu ia visitando, tirava uma foto e gravava a minha análise pelo celular. Falava no gravador. Isso ajudou muito, porque fica um bando de gente anotando..e o papel vai molhando, suando, ficando sujo de vinho. Gravem! Muito mais prático! Depois é só ir ouvindo os áudios e classificando no Vivino.

Já falei do Vivino aqui, no post sobre iniciar sem medo. Eu tenho pouquíssimos registros lá. Estou passando minha DiVina vida à limpo e aos poucos vou levando minhas avaliações para lá. Meu marido tem bastante, se quiserem seguir as dicas dele, o link é esse aqui. O que ocorre é que como nós sempre discutíamos juntos, ele sempre registrava. Nosso gosto é bem parecido e eu nunca senti necessidade de fazer uma lista só para mim. Mas agora, depois do curso, eu resolvi fazer, porque estou frenética!

E a Donana, amiga minha que também está iniciando, tem também muitas avaliações lá. O link das avaliações dela é esse aqui.

Mas voltando ao evento!

Bom, se você não se organizar, você se perde. Então decidi começar do começo mesmo. E fui em busca de vinhos brancos e leves.

A ordem dos vinhos faz todo o sentido. Então se você deseja fazer uma degustação ou até mesmo uma noite de vinhos na sua casa, lembre-se: a ordem é sempre do mais leve ao mais encorpado e iniciando sempre pelo espumante. É dessa forma para que um vinho encorpado não “mate” um menos encorpado.Então comece pelo espumante, siga com os brancos e rosados e depois passe aos tintos.

Existe cena mais encantadora, do que no calor de 40 graus do Rio, você olhar um balde desses de gelo, recheado de vinhos refrescantes?

Então comecei pelos brancos – todos do Douro, proposta do evento – e em seguida fui nos vinhos de entrada das vinícolas, que geralmente são vinhos mais jovens, com menos corpo e mais comerciais. Depois disso, aí sim passei aos mais estruturados, que ficam envelhecendo em barricas, mais encorpados.

Ah, gente! Que vida difícil, viu… olhar, cheirar, beber e avaliar.

WhatsApp Image 2017-03-08 at 15.00.42
A cor do prazer

Não adianta você achar que vai provar tudo. Não vai. Mesmo. Então relaxe e curta conhecer novas vinícolas e uvas.

O evento teve início às 15 horas para convidados e às 17 horas abriu para o público em geral. Eu me arrependi de não ter chegado as 15 em ponto. Cheguei umas 16 e peguei tudo já muuito cheio. Tenho certeza que as 15 o trafégo nas mesas expositoras estava bem menor. Então: chegue cedo!

Não fique segurando coisas. Outra ação certeira minha foi ter ido de mochila. Fiquei com as mãos livres para gravar as avaliações, olhar folhetos, tirar foto, essas coisas. Não se preocupe que ninguém ali vai ficar reparando no seu visual não, tá? Todos só tem olhos para uma coisa: os vinhoooosssss. É um bando de fanático junto no mesmo lugar.

WhatsApp Image 2017-03-08 at 15.00.41
Mochila: mãos livres!

Não fique com vergonha de solicitar o vinho. Todo mundo que está trabalhando, está ali para isso. São todos muito educados e prontamente irão te servir.

O evento disponibiliza bebedouros, lógico! Então, beba bastante água! Muita!

Aí você me pergunta: com uma taça só, como faço para degustar branco e depois tinto? Olha, essa é mais uma razão para se começar pelos mais leves. Imagina você tomando um tinto mega encorpado, daqueles que mancham a taça com força e depois pular para um branco bem límpido. Não dá, né? Mas o contrário dá. E se você quiser, pode lavar a sua taça nos bebedouros. Só lembre de escorrer beeem, para que a água não influencie no sabor.

Relax, pegue sua taça, tome um, dois vários vinhos e seja muito feliz!

Esse foi o meu primeiro evento de vinhos internacionais. Outros virão! E eu estarei aqui para contar como foi!

Bjs!

divina-assinatura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s