Cozinhar bebendo: uma ótima forma de começar

Você gosta de ir para cozinha fazer pratos e receitas diferentes?
Se você faz isso, certamente já experimentou alguma receita com vinho.
Molhos, risotos, carnes e ensopados que levam vinho são uma oportunidade para os que desejam iniciar no mundo dos vinhos. Já que você abrirá uma garrafa para a receita, faça jus e desfrute-a.

O vinho inspira, acredite em mim.

Claro que não estou falando daquela comida de rotina, do dia a dia. Me refiro aos pratos que você se sente com motivação para fazer. Pense em algo diferente e use o final de semana para isso.

Como você está iniciando, pense em um branco e faça um risoto, que tal?
Não adianta fazer cara de “ah, eu como um arroz misturado com frango mesmo e está bom”. Não, não está. Se você vai iniciar no mundo dos vinhos, comece com dignidade. Vinhos e comidas andam juntos, portanto, o prazer pelos vinhos inclui uma boa mesa.

Eu hoje consigo me virar bem na cozinha, e, parte disso, devo aos vinhos. Os vinhos despertam a necessidade de nos empenharmos mais ao cozinhar. Logo quando comecei e fiz meu primeiro risoto – que não ficou muito bom, diga-se de passagem – lembro que senti um aroma maravilhoso na panela quando joguei o vinho branco. Senti um aroma de comida de restaurante! E, claro, me senti a diva da cozinha. E como diva, estava com minha tacinha degustando meu vinho branco, obviamente.

Enquanto você prepara os alimentos, fazendo o que chamamos de Mise en place (Misanplace, ou seja: descascando, picando, organizando os ingredientes), você está se deliciando – e se inspirando, abrindo e aprimorando o seu paladar.

Cozinhar aos fins de semana quando tomamos um bom vinho, deixa de ser uma tortura e passa a ser um prazer.
A taça faz companhia. É quase como um amuleto.

Se tudo mais falhar, você tomou o vinho. Abra um pacote de batatas fritas e, com a cabeça mais leve, sinta-se muito bem. Ao menos você tentou.
Você pode tentar começar com essa receitinha aqui ó, do Claude.

Risoto de legumes: http://gnt.globo.com/receitas/receitas/risoto-de-legumes-do-chef-claude-troisgros.htm

Ou faça uma do seu agrado e que tenha boas avaliações na internet. Vinhos brancos harmonizam bem com peixes, carnes brancas, legumes e pratos leves.

Eu postei uma receitinha de peixe aqui, caso você se interesse.

No mais, esteja atento à taça e não se aproxime do fogo enquanto estiver bebendo. Prudência nunca é demais.
E lembre-se: vinho branco – quanto mais novo, mais recente, mais fresquinho, melhor!

Minhas sugestões amadoras (e para quem também está começando) de vinhos brancos para se iniciar, fazer um bom risoto e ser feliz:

1- Goulart T Torrontés 2014 (uva: Torrontés)

https://www.wine.com.br/vinhos/goulart-t-torrontes-2014/prod15546.html

2 – Toro Loco Blanco 2015 (uva: Viura e Sauvignon Blanc)

https://www.wine.com.br/vinhos/toro-loco-blanco-2015/prod15185.html

3 – Três Medallas Santa Rita (uva: Sauvignon Blanc)

http://www.deliveryextra.com.br/produto/364702/vinho-chileno-branco-sauvignon-blanc-tres-medallas-santa-rita-garrafa-750ml
(Nos supermercados Extra é possível encontrar esse vinho em uma promoção de Leve 3 e pague 2 por R$ 26,90 – sai a R$ 17,89 cada um. Ou seja: pechincha. Mas aqui no Rio tem que ir até o mercado buscar.)

post1

Gostou? Depois me conte o que você fez, o que você achou e que vinhos você utilizou!

Vamos conversar sobre vinhos?

Bjs!

divina-assinatura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s